[ÁUDIO] Como fazer uma caminhada meditativa ao ar livre ?

Olá, tudo bem?

Neste post vou dar a você um roteiro de como fazer uma caminhada meditativa ao ar livre.

Para potencializar os benefícios de uma simples caminhada, você pode torná-la uma prática informal de mindfulness

De uma só vez, você aumenta seu condicionamento físico, relaxa e melhora a concentração.

Tenha os passos em mente e, quando for de um lugar a outro, experimente caminhar em atenção plena.

Vamos lá?


Preparação

Fique em pé com os pés na distância da largura dos quadris.

Ponha suas mãos onde você achar mais confortável : na barriga, atrás das costas ou ao lado do corpo.

Você pode dar 2-3 respirações profundas e após perceber o corpo todo da cabeça aos pés.

Quando você começar, ande em um ritmo natural. Deixe os braços repousarem repousarem ao longo do corpo

A cada passo, preste atenção ao levantar e baixar os seus pés. A troca de peso de um lado ao outro. Observe o movimento em suas pernas e no resto do seu corpo. Observe qualquer deslocamento de seu corpo de um lado para o outro.

O que mais captar sua atenção, volte para a sensação de caminhar. Sua mente vai vagar, então sem frustração, guie-a de volta ao ato de caminhar quantas vezes precisar.


Caminhada ao Ar livre

Particularmente ao ar livre, mantenha um senso maior do ambiente ao seu redor, absorvendo tudo, permanecendo seguro e consciente.

Sons

Agora, por alguns minutos, expanda sua atenção aos sons. Quer esteja no espaço interior, na mata ou numa cidade, preste atenção aos sons sem rotulagem ou nomenclatura, no máximo você pode considerá-los como agradáveis ou desagradáveis.

Observe sons como nada mais ou menos do que som.

Olfato

Mude sua consciência para o seu sentido do olfato. Mais uma vez, simplesmente observe. Não force ou force a si mesmo a sentir qualquer coisa, apenas chame a atenção para o sentido do olfato, o que quer que você descubra.

Visão

Agora, vá para a visão: cores e objetos e o que mais você ver. Pacientemente voltando cada vez que algo chama sua atenção, ou mesmo se algo precisa ser tratado, como evitar um obstáculo.

Permanecendo natural, não excessivamente rígido, não sonhando acordado e à deriva, mas com consciência constante.

Mantenha essa consciência aberta de tudo ao seu redor, onde quer que você esteja. Nada a fazer, nada para consertar, nada para mudar. Totalmente consciente e andando.

Sensações físicas

Nos últimos momentos, volte à consciência das sensações físicas de caminhar, onde quer que sua mente se encontre durante toda a prática.

Observe seus pés novamente tocando o chão.

Observe novamente os movimentos em seu corpo a cada passo.


Finalizando

Quando você estiver pronto para terminar sua caminhada meditativa, fique parado por um momento novamente na mesma postura do início da caminhada.

Observe seus pensamentos, seus sentimentos vivenciados no momento. Volte-se para as sensações do corpo incluindo a respiração.

Corpo e respiração juntos… seu corpo respirando junto com a respiração…

Pausando, escolha um momento para terminar a prática.

Ao terminar, pense em como você pode levar esse tipo de consciência para o resto do dia.

Ouça o áudio:

Gostou deste artigo? Então Compartilhe!
Postagens mais lidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento WhatsApp
Fale Conosco agora.