As Terapias de 3ª Geração e as Intervenções em Saúde Baseadas em Mindfulness: há diferenças? Parte 02

Olá,

Nesta Parte 02, enfatizo as outras intervenções baseadas em mindfulness que compõem este movimento das terapias de terceira geração em psicologia

Derivadas do MBSR, podemos citar o Mindfulness-Based Cognitive Theraphy (MBCT) que combina os princípios de Mindfulness do MBSR com estratégias tradicionais da psicologia cognitiva comportamental clássica, direcionada a pacientes com recaída de depressão. Há também o programa Mindfulness-Based Relapse Prevention ( MBRP ) (http://www.mbrpbrasil.com.br/) que incorpora as meditações formais do MBSR ( escaneamento corporal, atenção plena na respiração, caminhada meditativa e movimentos conscientes) com elementos da terapia cognitiva para prevenção de recaídas.

São programas orientados à experiência, contudo usam estratégias explícitas para mudança de comportamento e quebra de hábitos.

Outras duas terapias de terceira geração são a Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT) e a Terapia Dialética Comportamental (DBT)

A Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT) é uma abordagem psicoterápica com necessidade de formação específica, sendo que em pesquisas se mostrou tão eficaz quanto as metodologias tradicionais para o tratamento dos transtornos de ansiedade, depressão, dor crônica, abuso de substancias, personalidade borderline. psicoses, dentre outros

A ACT promove o processo de flexibilização psicológica através de quatro categorias a serem trabalhadas nas sessões: aceitação, desfusão cognitiva, estar presente, Eu como contexto, valores e ação de compromisso.

A aceitação é o engajamento ativo e não julgador dos eventos presentes. A desfusão cognitiva ou decentramento é perceber os eventos pessoais como fenômenos mentais transitórios e que não fazem parte de um Sef fixo e permanente. Desta forma pode-se ver sua história de vida como um processo contínuo. Esse afrouxamento das preocupações ou tendências impulsivas possibilita ao indivíduo pautar sua vida em valores fundamentais que direcionam suas ações no mundo (ação de compromisso).

Na DBT, outra abordagem psicoterápica, são enfatizados os aspectos de Mindfulness de observar, descrever, não reagir, não julgar e agir com consciência para que o cliente transite em equilíbrio entre a aceitação e a mudança de comportamento que o permita uma vida satisfatória.

A ACT e DBT são mais teóricos que vivenciais, não envolvem treinamento formal da meditação e são orientadas à modificação de hábitos e comportamentos.

Acesse o Podcast abaixo onde apresento uma entrevista que realizei com o o Prof. Marcelo Oliveira do Curso de Formação do Mente Aberta Mindfulness tecendo maiores detalhes sobre essas diferenças;.

Diferenças entre as Terapias de Terceira Geração na Psicologia

Para saber mais :

Prevenção de Recaída Baseada em Mindfulness : http://www.mbrpbrasil.com.br/

Hayes, S. C., Pistorello, J., & Biglan, A. (2008). Terapia de Aceitação e Compromisso: modelo, dados e extensão para a prevenção do suicídio. Revista Brasileira de Terapia Comportamental E Cognitiva, X(1), 81–104. doi:S1517-55452008000100008

Gostou deste artigo? Então Compartilhe!
Postagens mais lidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento WhatsApp
Fale Conosco agora.