5 Desafios para a prática de Mindfulness – “Domando o Cavalo Selvagem

Olá,

Nossa mente pode ser comparada a um cavalo selvagem!!

Vivenciar um grupo de 8 semanas de redução de estresse baseado em Mindfulness ou uma capacitação / formação nestes protocolos requer que tenhamos uma prática formal e informal para domar esse cavalo.

A prática formal consiste no treino das meditações Mindfulness compostas por: Escaneamento corporal, Atenção Plena na Respiração, Caminhada Meditativa, Movimentos Conscientes e Consciência Amorosa. As tarefas informais são sugeridas a cada semana para clarificar o conceito na rotina estressante diária.

Geralmente, aqueles que nunca tiveram contato com o conceito de Mindfulness ou Atenção Plena, mesmo engajados nas meditações formais, irão começar a compreendê-lo após algumas semanas.

Já aqueles que chegam aos grupos terapêuticos de Mindfulness sem nenhuma compreensão do fenômeno e muitas vezes com descrença nos resultados de algo tão simples, também começam a sentir algo diferente lá pela quarta semana, geralmente operacionalizando o conceito nas atividades diárias.

Há muita resistência para treinar a atenção plena porque nos deparamos com cinco desafios:

1-Inquietude : Mente divagando constantemente.

Quando estamos parados a mente tende a divagar fortemente e os pensamentos chegam com mais força e velocidade. Ficamos tensos pois não estamos conseguindo relaxar!!

2-Aversão: Ideia de não conseguir meditar

“Meditação não é pra mim”, já pensamos na primeira tentativa. Há desconfortos físicos e emocionais que nos induzem a desistir.

3-Sonolência : Tendência a adormecer

O relaxamento é um efeito do exercício meditativo e por isso sofremos para nos manter alertas e acordados.

4-Desejo : Querer atingir um objetivo

A inquietude e a aversão são sintomas de que, mesmo inconscientemente, buscamos chegar em algum ponto ou estado em particular praticando a meditação.

5-Dúvidas : não saber se está fazendo a meditação corretamente

Nossa mente (cavalo selvagem) irá usar essas táticas para nos desviar do caminho!!

Porém, Não há maneira certa ou errada de se meditar. Esses questionamentos são esclarecidos com o próprio grupo, com o instrutor e, principalmente, com o tempo de persistência e continuidade na vivência.

Se você reconhece essas dificuldades em sua prática de Mindfulness, parabéns você está no caminho certo!!

São obstáculos transitórios que medem nosso grau de comprometimento e afinco em descobrir a dinâmica do nosso mundo interno.

Na próxima postagem, apresentarei algumas estratégias para lidar com estes obstáculos que fazem tanta gente crer que

“Ah! Meditação…Eu tentei, mas não consigo!”

e deixar o cavalo selvagem  solto por aí!!

Até lá!!

Gostou deste artigo? Então Compartilhe!
Postagens mais lidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento WhatsApp
Fale Conosco agora.